Linguagem Fotográfica

Assim como ocorre todas as formas de comunicação e artes tem sua linguagem própria, na fotografia não é diferente, a linguagem está relacionada às características, aos modos, pelos quais a mesma existe.

Na hora de tirar uma boa foto com tais efeitos naturais ou não, muitos profissionais usam o linguajar específico para cada função, oposição, maneira de fotografar. Isso que é o interessante e muitas das vezes para quem está começando, o significado das palavras, o vocabulário usado soa meio estranho e diferente, assim dificultando a atividade e a utilização das informações concebidas para obter uma boa fotografia.

lente e zoom de câmera

Alguns elementos da linguagem fotográfica são:

01. Planos – corte, enquadramento;
02. Foco – foco diferencial, desfoque, profundidade de campo;
03. Movimento – em maior e em menor grau, estabilidade;
04. Forma – contorno, espaço;
05. Ângulo – posição da máquina
06. Cor – gradação de cinzas, as cores;
07. Textura – impressão visual
08. Iluminação – sombras, luzes;
09. Perspectiva – linhas;
10. Equilíbrio e composição – balanço, arranjo visual dos elementos.

Alguns dos termos mais usados na fotografia:

Abertura: ver “diafragma”.

Diafragma: É uma pequena abertura redonda, que abre por alguns instantes na lente quando se aperta o disparador, a qual define a “grossura” do fecho de luz. O diafragma pode variar de 1.0 até acima de 40, dependendo da lente de câmera utilizada: 1.0 é a abertura máxima do diafragma, ou seja, quando entra o máximo de luz.

Tamanhos-das-aberturas-do-diafragma

ASA: É a sensibilidade do filme. Quanto maior o número da ASA, mas sensível à luz é o filme. Exemplo: um filme de ASA 200 é um f/stop (ou um tempo de exposição) mais sensível à luz que um filme de ASA 100.

Campo Focal: É a parte da fotografia que aparece em foco através do diafragma. Exemplo: uma paisagem obtendo um campo focal de 3 a 11 metros, tudo que estiver a esta distância do centro (na imagem) ótico da lente fotográfica, estará em foco, e o resto dos elementos, fora de foco.

Centro ótico: É o ponto em que todos os raios de luz se cruzam e a imagem é invertida.

Cromo: É uma técnica pura da imagem através de um filme que a mantém no positivo sem criar um negativo.

AF (“Auto Focus” em inglês): É a focalização da imagem feita automaticamente pela câmara, por meio de seus sensores infravermelhos.

Flash: É uma luz artificial utilizada para iluminar objetos fotografados quando a luz/ iluminação do ambiente não é suficiente.

Objetiva: É a parte ótica da máquina fotográfica; um conjunto de lentes alinhadas que criam uma imagem nítida. Algumas máquinas tem somente uma objetiva embutida, enquanto há outras que as objetivas podem ser trocadas.

lente objetiva da câmera

Grande-angular: Tipo de objetiva (lente) que tem como característica um amplo enquadramento da paisagem.

Macro: Tipo de objetiva que permite chegar muito próximo do objeto fotografado, gerando imagens detalhadas.

Teleobjetiva: Tipo de objetiva que aproxima um objeto (na imagem), criando um efeito de um binóculo ou uma luneta.

Zoom: É o ato de aproximar um objeto através de uma lente zoom que tem como característica a capacidade de mudar a distância ótica entre o fotógrafo e o objeto a ser fotografado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s